Dr. Luciano Rotella

Amigdalectomia

Antes da cirurgia deve-se realizar o exames pré-operatórios e, quando indicado, avaliação cardiológica. Deve-se fazer jejum absoluto de cerca de 8 horas antes (nem água), levar todos os exames (de sangue, tomografias, raio-x, etc), e estar acompanhado de um familiar ou amigo. Não se deve ingerir AAS (ácido acetilsalicílico) e seus derivados por cerca de 2 semanas antes (por alterarem a coagulação). A cirurgia é realizada, habitualmente, de forma ambulatorial (com alta hospitalar no mesmo dia) e sob anestegia geral. Tem duração de cerca de 1 hora, ficando o paciente após na sala de recuperação até a alta hospitalar. Quando for criança, o pai ou a mãe podem acompanhar seu filho na sala de recuperação. O período pós-operatório costuma ser tranquilo, porém há dor na garganta, que é de intensidade variável, que é aliviada com os analgésicos, conforme a receita médica. Pode ocorrer ainda febre baixa, dor de ouvido. Casos de sangrametos são muito incomuns, devendo ser avisados tão logo ocorram, para devido tratamento. A alimentação inicialmente deve ser líquida/pastosa e fria ou gelada (gelatina, sorvetes, sopas frias, iogurtes, sucos, etc). Dois ou 3 dias após o paciente já pode experimentar alimentos mais consistentes e mornos, conforme aceitação. São realizadas, em geral, uma ou duas consultas de revisão.

Print Friendly